terça-feira, 29 de janeiro de 2013

O silêncio dos inocentes, by Alexandre C. Aguiar

Foto: Vinicius de Matos

Nas redes sociais surgiu a informação de que integrantes de uma organizada de torcedores do Avaí, na partida contra o Criciúma neste domingo, no momento do minuto de silêncio em homenagens às vítimas da tragédia em Santa Maria, gritavam em coro uma ofensa contra o povo gaúcho. Eu não estava lá, não assisti ao jogo pela TV e não ouvi comentários da imprensa sobre isso. Contudo, pessoas idôneas e sem qualquer motivo para mentir acusaram a situação e confessaram que se sentiram envergonhados diante daquilo. Há quem diga que a manifestação foi em direção à rede famosa, cuja sede é dos pampas, e que por isso valiam os gritos, enfim.
Eu sou da opinião que todo protesto é válido e a manifestação é livre para qualquer cidadão, desde que não se ataque a moral e a dignidade de terceiros. E há, também, o momento oportuno para isso. Se for verdade o que ocorreu é de uma afronta à capacidade humana de compreender o lado do outro, do semelhante, do que está fazendo parte de um processo ainda que de lado oposto. Essa manifestação merece o repúdio de todos aqueles com mais de três neurônios, além do afastamento destes imbecis dos estádios. Não merecem conviver com humanos normais.
Da mesma forma que se repudia que torcedores de Grêmio e Internacional, por exemplo, em suas partidas cantem o hino do seu Estado quando da apresentação do Hino Nacional Brasileiro, numa visível afronta ao país e desrespeito à nação brasileira. Estas atitudes de idiotas que se travestem de torcedores já cansaram, é bom que se diga. Meu repúdio a todas elas.
Agora, o que me espanta, embora não seja assim tão difícil de compreender, é que os blogs da estratosfera avaiana (a que se acha acima do bem e do mal), aqueles que não admitem um espirro fora do lugar do presidente Zunino, tenham se calado a respeito disso. Ou sequer tenham mencionado num parágrafo, num cantinho de página, numa notinha de rodapé, que seja. Um senãozinho largado que é para não se comprometer.
Nada!
O que comprova a minha tese de que macaco, se quiser olhar o rabo, tem que usar um espelho. E daqueles bem polidos.
* Alexandre Carlos Aguiar é associado do Avaí Futebol Clube e colaborador do site Todo Esporte SC

9 Comentários:

Ivan disse...

Bom...eu assisti o jogo pela tv, em nenhum momento durante o minuto de silêncio foi possível ouvir a tal manifestação de torcedores, seja ele do Avaí ou Criciúma. Durante o jogo sim, foi possível ouvir o famoso coro ei...LBS...vai lá, lá, lá como já ouvimos na ressacada... não estou querendo defender ninguém, mas se realmente aconteceu é de se repudiar tal ato...

André Tarnowsky Filho disse...

Ivan,

Conversei com o José Eduardo Proença Gutierrez na segunda pela manhã, em função de ter visto ele no estádio com os filhos pela TV e numa foto do portal Terra. Ele quem me falou sobre o assunto e por isso acompanhei a postagem do Aguiar.

Infelizmente, tem uma gurizada que está demorando pra crescer...

Abraço!

JAISON EDUARDO disse...

Vergonha não é momento para isso,tem que respeitar o luto dessas famílias.

Anônimo disse...

Alexandre Aguiar não perde tempo de falar mal da torcida do Avaí. Como ele gosta de dizer quando alguém critica a gestão do patrão: ei Alexandre, se sabes criticar, faz uma torcida organizada melhor para o Avaí, então!

Adriano Itavaí

André Tarnowsky Filho disse...

Jaison Eduardo,

Concordo contigo. Existe momento pra tudo. Infelizmente alguns guris da nossa torcida não conseguem crescer. Menos mal que os próprios avaianos que lá estiveram repreenderam esse pessoal.

André Tarnowsky Filho disse...

Adriano Itavaí,

Fiz a reprodução do texto do Aguiar não em função de crítica a esse ou aquele que criticam a "gestão do patrão", mas pelo comportamento inadequado de pelos 8 guris que lá estavam. Como disse pro Jaison, menos mal que os próprios avaianos que lá estiveram repreenderam esse pessoal.

Alexandre Carlos Aguiar disse...

Gostaria de esclarecer que este texto não é uma crítica à torcida. A nossa torcida, de modo geral, é pacata, honesta, inteligente e sabe torcer.
A minha bronca, sempre foi, é em relação a uns poucos que querem ser mais realistas do que o rei, que não sabem valorizar o que temos e que não entendem as dificuldades que existem no âmbito do futebol.
Mas, mesmo assim, o texto não trata disso. Se as pessoas lerem com calma, sem aquele ranço habitual, sem o piloto automático ligado, podem perceber que eu cobrei, exatamente, uma postura mais dura com relação a alguns meliantes que se infiltram no meio de nossa torcida, e que também não são os críticos que apontei acima, é bom deixar claro.
Estes elementos perturbados são os que causam os problemas, cujas consequências fazem com que a torcida avaiana como um todo seja mal vista nos estádios.
Cobrei, sim, como torcedor, que os blogueiros mais incisivos dessem ao menos uma nota, mesmo que fosse para dizer que não sabiam de nada. As redes sociais estão faladno do assunto e algumas pessoas observaram o ocorrido.
Se alguns não viram, é porque, por alguma razão, estavam fora daquele foco.
Um ditado do Direito é muito claro: A AUSÊNCIA DA PROVA NÃO É PROVA DA AUSÊNCIA.
A propósito da defesa do Zunino, faço, sim, como faria para qualquer um que estivesse á frente do Avaí, exatamente por compreender as dificuldades ali existentes. Presidir times de futebol como o nosso é para poucos e eu valorizo muito isso. Qualquer intrepretação ao contrário disso é coisa de gente pequena e que não tem o que fazer.

André Tarnowsky Filho disse...

Aguiar,

Pra mim, tua intenção intenção ficou bem clara. Se outros não compreenderam, só temos que lamentar. Simples assim.

IVAN disse...

Essa situação não terminará tão cedo, precisaremos de algumas gerações pra finalmente a EDUCAÇÃO prevalecer. É vergonhoso, da mesma forma que desrespeitam o Hino Nacional (assim como os próprios dos pampas, e as vezes o próprio avaiano - não generalizando). São valores que se aprende dentro de casa. É o pai que acha a coisa mais linda do mundo o filhinho logo nas primeiras palavras soltar um palavrão.

"Que beleza!"

Saudações,
IVAN (o de sempre)

Postar um comentário

A MODERAÇÃO DE COMENTÁRIOS FOI ATIVADA. Os comentários passam por um sistema de moderação, ou seja, eles são lidos, antes de serem publicados pelo autor do Blog.

Odontokist

Arquivos do Blog

  ©André Tarnowsky Filho - Todos os direitos reservados.

Modificado por Marcos TOTÔ | Template by Dicas Blogger | Topo