terça-feira, 20 de março de 2012

Na moita

O atleta Júlio César Godinho Catole, conhecido no mundo do futebol como Julinho, tem contrato com o Avaí Futebol Clube até 31 de dezembro de 2014. Bem na Copa do Brasil de 2011 defendendo o Leão, participou de uma farsa para tirá-lo da Ressacada, inclusive envolvendo o departamento médico do clube.

Montado o teatro no Sul da Ilha, foi levado por seu empresário para o Club de Regatas Vasco da Gama, já com o Campeonato Brasileiro em andamento, onde não conseguiu se firmar na equipe titular, que viria a ser vice-campeã Brasileira.

Para esse ano, ainda no Vaso da Gama, Julinho não caiu nas graças da torcida vascaína nem dos treinadores Ricardo Gomes e Cristóvão Borges. O desinteresse do Clube da Colina deus-e muito mais pelos seus aproveitamentos noturnos, do que pela falta de futebol...

Numa ponte aérea Rio-Recife, Julinho acabou sendo emprestado ao Sport Clube do Recife, o conhecido Leão da Ilha do Retiro.

No início desse mês, numa ponte aérea Rio-Recife, Julinho acabou sendo emprestado ao Sport Clube do Recife, o conhecido Leão da Ilha do Retiro.

O "difícil" no empréstimo de Julinho ao Leão da Ilha do Retiro, é que pertencendo ao Avaí e estando no Vasco da Gama, precisaria do aval dos diretores do Sul da Ilha, bem como do empresário do jogador.

E esse aval acabou sendo a parte mais fácil da questão: o diretor do Avaí e o empresário do jogador,  na negociação em tela, foram a mesma pessoa, "dois em um", Gabriel Zunino, proprietário da Ilha Sports.

Estou curioso para saber quanto entrou no cofre da Ressacada...

Haja socialização!
Foto: Globoesporte.com.br

5 Comentários:

Anônimo disse...

EMPRESA E PAIXÃO

DENTRE AS MUITAS COISAS DE QUE NOS SERVE O FUTEBOL, UMA DELAS, E MUITO IMPORTANTE, É A OFERTA DE UMA OPORTUNIDADE DE FUGA.
SE O DIA NÃO FOI AQUELE QUE ESPERÁVAMOS, SE OS NEGÓCIOS NÃO SAÍRAM A CONTENTO, SE ALGUMA DIFICULDADE FAMILIAR VEM PREOCUPANDO, O FUTEBOL OFERECE O SEU EFEITO SEDATIVO, O LAZER, O RELAX QUE NOS POUPA DE MAIS STRESS.

ÔBA, HOJE TEM FUTEBOL. ENTÃO SORRIMOS MAIS FÁCIL E NOS POMOS EM CAMINHO PARA O ESTÁDIO.
SE O JOGO É FORA, ENTÃO, VÃO AS LOURAS PARA O CONGELADOR E OS PROBLEMAS PARA O ESPAÇO, AINDA QUE TEMPORARIAMENTE.

MAS QUANDO O TIME DA GENTE ESTÁ NUMA FURADA, QUANDO AS NOTÍCIAS EM TORNO A ELE SÃO SEMPRE NEBULOSAS, MAL FORMADAS, SUGESTIVAS DE ADMINISTRAÇÃO PERNICIOSA, E O TIME MAL DENTRO DE CAMPO, COMO VEM OCORRENDO COM O AVAÍ, O QUE SE TEM É UM ACRÉSCIMO DE STRESS AO NATURAL STRESS DA VIDA, UMA PERDA DE ÂNIMO, UMA FERIDA NA ALMA.

SABEMOS QUE OS CLUBES HOJE, SÃO EMPRESAS, MAS SÃO EMPRESAS "SUI GENERIS", MUITO INTIMAMENTE LIGADAS AO AFETIVO, AO EMOCIONAL, À PAIXÃO DOS SEUS SIMPATIZANTES E ASSOCIADOS, SENTIMENTOS ESSES QUE TAMBÉM TÊM DE SER LEVADOS EM CONTA, TÊM DE SER RESPEITADOS E ADMINISTRADOS POR SEUS DIRETORES.

QUEM NÃO OFERECE TRANSPAÊNCIA, ESTREMECE SENTIMENTOS. CEDO OU TARDE SE DÁ MAL, FICA SEM CHÃO. - Roberto Costa.

Alexandre Carlos Aguiar disse...

Roberto, sem querer fazer comparações exdrúxulas, sem querer desviar focos, mas imagine o Corinthians caindo, com a administração do Dualibi exalando coisas estranhas e a torcida em peso declarando seu amor ao clube e dizendo que não iria abandoná-lo. E não abandoram mesmo. Fizemos isso por aqui?
Aí você dirá: "ah, mas depois eles mudaram, aí veio o André Sanches". Se você me disser que o André Sanches era melhor do que o que saiu, aí eu largo o futebol e vou criar focas no Polo Sul.
Posso passar aqui a noite toda te dando exemplos, do outro lado da ponte já está bom? Ou tu achas que o que entrou é melhor do que saiu dali? Todo mundo põe a mão na merda, em qualquer canto.
O futebol, meu caro, é assim, em todos os lugares. Lamento, mas caimos numa realidade que é podre, com a qual não estávamos acostumados. Batiamos no nosso rival, que vive cheio de rolos e num belo dia descobrimos que aqui também tem.
Então deve-se aceitar as falcatruas que podem estar ocorrendo no Avaí como corretas? Não, de maneira alguma, mas também não podemos posar de virgens vestais e achar que seremos imaculados. Se for assim fechem as portas da Ressacada e vamos montar um convento.
Já sei de um monte de gente vai me chamar de corrupto, de aceitar fraudes, patifarias. Mas se você levantar o tapete, meu velho, não sobra muito por aí não.

Alexandre Carlos Aguiar disse...

Só pra complementar, Roberto, os que fazem suas falcatruas e posam de bacana não deixam aparecer. O Avaí deixou, porque são neófitos. É apenas essa a diferença.

Anônimo disse...

AGUIAR, disseste tudo muito bem, como sempre, mas ouso um reparo.
Realmente, futebol não é coisa para santos, mas se todos botam a mão no baleiro, numa perspectiva à luz de resultados, eles, os doladelá, botam a mão no baleiro bem melhor que nós, eles estão na frente e de bem com a torcida, isso faz toda a diferença.
Estivesse o Avaí bem na tabela, Zunino estaria nadando em mar de almirante. Abração. Roberto Costa

André Rodrigues disse...

Voltando ao Futebol...o lateral esquerdo Lúcio está sendo dispensado do Grêmio. Bem que o Grêmio podia levar o Julinho e mandar alguém para a nossa série B, em contrapartida.

Postar um comentário

A MODERAÇÃO DE COMENTÁRIOS FOI ATIVADA. Os comentários passam por um sistema de moderação, ou seja, eles são lidos, antes de serem publicados pelo autor do Blog.

Odontokist

Arquivos do Blog

  ©André Tarnowsky Filho - Todos os direitos reservados.

Modificado por Marcos TOTÔ | Template by Dicas Blogger | Topo